quarta-feira, 21 de março de 2007

Ex-vereador vê OVNI pousar em General Carneiro - SC

Pecuarista de 65 anos viu disco voador pousar em sua propriedade
dia-a-dia do agricultor Ernesto Eleotério Maciel não é mais o mesmo. Aos 65 anos de idade, pai de três filhos, o ex-vereador afirma ter vivido uma experiência assustadora, principalmente para as três crianças que o acompanhavam: o seu filho Cristiano e dois de seus amigos, Paulo Leandro e Ade. Hoje, onde quer que vá por dentro da sua propriedade de 20 alqueires, localizada na localidade de Santa Lídia, a 20 quilômetros de General Carneiro, Ernesto tem ao seu lado o filho de 12 anos que tem medo de ficar sozinho. O contato teria acontecido há aproximadamente três meses.

Ernesto chegou à sua chácara para cuidar de uns trabalhos corriqueiros e da criação, o que faz constantemente. Trabalhou normalmente durante o dia e todos foram dormir cedo. Por volta das 02:30 horas da manhã, acordou pois disse ter ouvido um zumbido estranho e forte. Quando olhou pela janela, viu sua propriedade iluminada qual fosse dia. "Inicialmente achei que a casa estivesse em chamas e acordei as crianças que saíram comigo para fora. Foi então que eu vi o estranho aparelho que primeiro subiu, depois desceu e então voou entre os dois fios [fios de luz existentes na propriedade com espaçamento de 5 metros aproximadamente] e desapareceu. Isto levou uns quinze segundos, mas eu pude ver que tinha três pessoas de pé de roupa branca e boné preto.

Eram pessoas de um metro e oitenta, mais ou menos." afirma o agricultor. "Quando eles saíram em direção a União da Vitória, apagaram dois dos faróis e então um tipo de gás branco saiu, como uma fumaça branca. Minhas três crianças também viram o objeto. Depois, com pouco de receio, voltamos para casa dormir". Ernesto disse à nossa reportagem que, procurando uma explicação, comentou com um vizinho que o ajuda nos trabalhos na propriedade, mas que este preferiu não falar a respeito do assunto. "Além do meu filho estar sempre comigo onde quer que eu vá, todas as crianças estão com receio. Um não vem mais para a fazenda com medo do disco voador e por ordem de sua avó", afirma.

Ernesto contou para outras pessoas que o procuraram, mas muitos não acreditaram em seu relato. Aqueles que confiam em suas palavras, defendem ainda que as crianças também viram o estranho objeto e que pelas atitudes tomadas por elas a respeito do assunto, pode-se acreditar que algo tenha mesmo acontecido. De acordo com Alcides de Almeida, assessor de imprensa da prefeitura de General Carneiro, esta é uma história bastante interessante. "Além de ter sido presenciada por mais de uma pessoa, a integridade do seu Ernesto não pode ser contestada".

Vereador por três vezes em General Carneiro, Ernesto, que é também comerciante naquele município, desfruta de credibilidade em sua comunidade e seu relato é mais um que soma-se ao registro de contatos com OVNIs.

Fonte
Jornal O Comércio - 13 de agosto de 1999 Edição Nº 2691 - União da Vitória/PR e Porto União/SC

2 comentários:

Leonardo disse...

Muito bom esse blog !!!
Continue com o ótimo trabalho de divulgação !!!!
Estarei acessando sempre !!!

Anônimo disse...

Obrigado por Blog intiresny